TRANSLATE

ENTRAR

O QUE É 15NC

Dizem que se você não consegue ter o que sempre quis é por culpa sua.

Será mesmo?

Obs.: Antes de qualquer crítica a esse sistema, será necessário ler até o final para entender bem antes de opinar, pois esse programa já passou pela análise de vários estudiosos e especialistas para chegar a essa versão atual.

A SITUAÇÃO ANTES DO 15NC

Desde milênios, para um cidadão ter acesso a bens e serviços essenciais à sua sobrevivência, ele precisa, principalmente, ter um bom salário, vender algum produto ou serviço, investir ou receber alguma doação. Para comprar algo, ele deve tirar uma quantia do que tem e ceder para outra pessoa ou empresa, em troca de algum produto ou serviço e lutar para repor o que saiu de seu bolso. O grande problema é que nem sempre existe emprego para todos, existem muitos com pouco e poucos com muito e nem todos que possuem um emprego podem ser considerados pessoas de bom caráter. Todos sabemos que o salário mínimo é insuficiente. Há milênios, que se diz que "O amor ao dinheiro é a raiz de todos os males".

O dinheiro circula, mas chega a faltar para algumas empresas, instituições ou pessoas, levando-as à falência. A especulação valoriza ou desvaloriza empresas, produtos e serviços, sendo eles bons ou não. Tudo isso e outros fatores tornam o atual sistema financeiro frágil, injusto, inseguro, instável, beneficia minorias e expõe o país a crises econômicas mundiais, obrigando o governo federal a fazer constantes intervenções no sistema econômico para estabilizá-lo como, por exemplo, alterando os juros bancários para controlar o consumo da população.

OBJETIVO DO 15NC

Significado: 15NC (15 = ano 2015, o ano de sua criação, N = Novo e C = Crédito)

O principal objetivo é o cumprimento total da Declaração de Diretos da ONU no que se refere ao direito de qualquer cidadão ter acesso às condições mínimas de sobrevivência, eliminando a necessidade de dinheiro, moeda, cheque, cartão de crédito e serviços bancários, além de eliminar todos impostos e taxas governamentais (atualmente ultrapassando um trilhão de reais em arrecadação anual), reduzir o desemprego e a criminalidade, incentivar boas ações, preservação do meio ambiente, inovações tecnológicas e aumentar o PIB e o interesse pela educação, tornar o país que adotar tal sistema imune a crises econômicas, entre outros benefícios.

FUNCIONAMENTO DO 15NC

1) Um website, que futuramente poderá ser administrado por uma comissão com representantes de diversas lideranças da sociedade, controlará todas operações comerciais e financeiras.

2) Cada cidadão, empresa, órgão público ou outra instituição já legalizada será cadastrada neste website e receberá um código de identificação e uma senha para receber e ceder créditos entre si através desse website. Cada usuário deverá ter acesso, mediante identificação segura, a seus dados pessoais ou de sua empresa, caso seja o representante legal da mesma. Cada usuário também cadastrará sua foto.

3) Exemplificando: na prática, o funcionamento será assim... O cidadão entra numa padaria, supermercado, mercearia ou outro estabelecimento comercial e escolhe os produtos que quer comprar. Levando-os até o caixa, são conferidos e será dado o valor dos produtos: 38 créditos, por exemplo. O vendedor fornece para o comprador o código do estabelecimento comercial no 15NC para o cidadão, junto com o código do produto ou serviço e o valor da compra. O comprador, através de celular, smartphone ou computador do estabelecimento, conectado ao website do 15NC, entra com sua identificação e senha e coloca 38 créditos no código do estabelecimento, além de declarar o código fornecido do produto ou serviço. Imediatamente, o sistema do website verifica a capacidade de crédito do comprador e, caso esteja ok, conclui a transação, acrescentando 38 créditos ao estabelecimento comercial, mas não o debitando do comprador. Tecnicamente, quem vende recebe créditos e quem compra não os perde quando compra. O mesmo se aplicaria ao pagamento de despesas ou de tarifas públicas.

4) Ao participar do 15NC, todo preço de produtos, serviços, salários, tarifas públicas, multas, penalidades, dívidas, saldo bancário, patrimônio comprovado e declarado em imposto de renda e tudo mais que tenha valor monetário deverão ser congelados e ter seus valores convertidos para créditos. O total em crédito será administrado pelo website, que será responsável pela guarda dessa informação.

5) Haverá mensalmente uma quantia de créditos determinada pelo orçamento devidamente aprovado pelo website, além de créditos extras mensais dados por cada cidadão satisfeito com os serviços públicos prestados pelo governo. Cada obra pública será identificada com um código no sistema para receber créditos de apoio diretamente por parte da população, mediante votos. Isso elimina a necessidade de IMPOSTOS e TAXAS PÚBLICAS.

6) Dinheiro em cédulas, moedas, cheque, cartão de crédito ou qualquer outra forma de pagamento serão obsoletos e sem valor comercial, mas poderão existir durante certo tempo até a sua substituição pelos créditos do 15NC.

7) Todo participante do 15NC pode oferecer seus produtos ou serviços para seus clientes, que também sejam usuários do 15NC, mediante créditos e não mais utilizando dinheiro.

8) Cada usuário terá direito a receber créditos pelo 15NC nos seguintes critérios, independente de estar empregado ou não:

8.1) Mensalmente, uma quantia fixa de créditos, a ser determinada pelo website, será automaticamente cedida a quem tiver o ensino fundamental completo;

8.2) Somado ao crédito do subitem 8.1, caso a pessoa tenha o ensino médio completo, ela terá mensalmente e automaticamente crédito equivalente ao dobro do que tem direito pelo subitem 8.1.

8.3) Somado ao crédito do subitem 8.2, caso a pessoa tenha o ensino universitário completo, ela terá mensalmente e automaticamente crédito equivalente ao dobro do que tem direito pelo subitem 8.2.

8.4) Tendo completado comprovadamente cursos de pós-graduação, mestrado, doutorado, bacharelado, MBA e outras especializações, terá complementos em forma de créditos somados ao que já tenha alcançado.

Obs.:Aqueles que ainda não tiverem o ensino fundamental completo poderão concluí-lo através de aulas gratuitas que serão ministradas em websites e através de boa pontuação alcançarão o certificado que lhes autorizará a ganharem seus créditos mensais. Isso eliminará a necessidade de escolas caras, inseguras, bullying e manterá a família mais unida. Ou seja, as aulas poderão ser feitas à distância também no ensino fundamental.

8.5) No mês de seu aniversário, cada um, desde um ano de idade, receberá automaticamente uma quantia única e anual de créditos a ser determinada pelo website.

8.6) Para cada boa ação comunitária ou de preservação do meio ambiente, devidamente comprovada, o autor receberá, uma única vez, créditos até um limite determinado pelo website, por qualquer pessoa que apoiar tal boa ação, num número mínimo de 10 pessoas apoiadoras.

8.7) Pela sua reputação perante a sociedade ou pelo seu círculo de amizade, o autor receberá, uma vez por mês, créditos até um limite determinado pelo website, por qualquer pessoa que o considere de bom comportamento. O sistema deverá rejeitar duplicidade e auto-inserção de crédito.

8.8) Nas transações comerciais fora da comunidade ou com outros países, seus valores em créditos deverão ser convertidos para a moeda do país correspondente. Para isso, o sistema possui uma tabela de conversão para outras moedas.

8.9) Para cada invenção ou inovação em produtos ou serviços de grande importância para o país, o inventor, seja ele um cidadão ou empresa, receberá créditos pela inovação, que serão analisados, registrados e creditados pelo website. Esforços serão feitos para ajudar a industrializar e comercializar as invenções.

9) As empresas não precisariam mais tomar empréstimos ou financiamentos. Para se estruturar, ampliar ou implantar suas atividades, as empresas recorreriam ao 15NC para avaliar e aprovar o negócio a ser iniciado. Junto com a avaliação o website já concederá à empresa um valor de créditos compatível com seu porte, número previsto de empregados, abrangência, produtos, serviços, mercado, público-alvo a ser atendido e outros requisitos essenciais ao seu bom funcionamento.

10) No início, ao ter que comprar materiais fora da comunidade que já aderiu ao 15NC, os créditos necessários para compra serão deduzidos do total que tem direito e serão convertidos em dinheiro, na moeda corrente da cidade onde comprará, em item específico de website. O ideal é que toda empresa priorize adquirir matéria-prima e insumos dentro do 15NC, sem precisar buscar fora, pois pode se tornar escrava da lei de oferta e procura ou políticas governamentais nocivas tradicionais. Caso não encontre o que procura dentro do 15NC, poderá para sua conveniência convidar seus fornecedores a se increverem no 15NC, tornando mais fácil e menos burocrático a compra do que precisar.

11) Em locais onde não haja bom sinal para conexão à internet, através de antenas wireless, uma rede de informações comunitárias será responsável pela interligação dos pontos comerciais ao 15NC. O nível de segurança desse website deverá ser o mais elevado possível. Computadores superequipados e configurados para altíssima demanda, imunes a invasões e ataques externos ou internos deverão ser adquiridos. Deverá haver transparência nessa administração com fornecimento mensal on-line de atividades e estatísticas.

CONSEQUÊNCIAS POSITIVAS

A) Mesmo sem emprego, qualquer um poderá adquirir produtos e serviços mínimos à sua sobrevivência.

B) Aumentará o interesse pela educação e pelo aperfeiçoamento profissional, pois não se poderá adquirir produtos como carro, casa e outros de maior valor, somente com os créditos mínimos e automáticos ou pelo bom comportamento.

C) O bom comportamento e ações de preservação ao meio ambiente serão estimulados, pois resultarão em aumento de crédito para empresa ou cidadão praticante de tais atos.

D) Diminuição da criminalidade, pois será difícil assaltar, roubar, sequestrar quem não possui dinheiro, moeda, cheque, cartão de crédito ou saldo bancário.

E) Diminuição do desemprego, pois nem todos precisarão ter emprego para ter sua sobrevivência garantida, sobrando assim vagas em todos setores comerciais, para aqueles que não se sentem bem ficando sem trabalho.

F) Diminuição da pobreza em poucos meses.

G) Haverá uma maior igualdade e melhor distribuição de crédito e não mais distribuição de renda.

H) Haverá um maior incentivo ao desenvolvimento tecnológico, urbano, ambiental, social e pessoal.

I) Novas empresas serão estimuladas a surgir, uma vez que os impostos não existirão e elas só terão a ganhar e nunca a perder, a não ser que se envolvam em crimes previstos pela lei.

CONSEQUÊNCIAS NEGATIVAS A SEREM RESOLVIDAS

Talvez ocorra falta de trabalhadores em diversas atividades, porém deve-se levar em conta que, segundo pesquisa divulgada no website www.psicologiaessencial.com.br, cerca de 70% de pessoas fazem do trabalho uma terapia e jamais desejarão deixar de trabalhar, mesmo já tendo o suficiente para sobrevivência sua e de sua família. Há ainda aqueles que são viciados em trabalho, os que não gostam de ficar em casa o tempo todo por mal relacionamento familiar, os que precisam se sentir valorizados e reconhecidos, os que amam estar numa equipe buscando alcançar objetivos, os que somente se sentem úteis quando trabalham, os que gostam de ensinar e treinar colegas, os que teem sentimento de colmeia, os que sentem tédio ficando em casa, os que querem alcançar altos cargos numa empresa. Esses não vão deixar de trabalhar. No caso do Brasil, por exemplo, se levarmos em conta que, segundo o IBGE, existem cerca de 96 milhões de trabalhadores e 6,7 milhões de desempregados, aplicando o percentual de 70%, teremos uma redução de empregados de 28 milhões, menos digamos 5 milhões que antes estavam desempregados, esse número cairá para 23 milhões que deixarão de trabalhar.

Não haverá créditos suficientes para se comprar itens mais caros como imóveis e automóveis. Nesse caso, somente com trabalho assalariado.

A aprovação de obras públicas poderá atrasar se o povo não for suficientemente estimulado a votar os créditos e definir quais seriam as prioridades. Para isso, o governo deverá ter um bom planejamento para divulgar suas necessidades no 15NC;

A segurança dos computadores servidores deverá sempre estar um passo a frente dos hackers do mal e isso exigirá um grande esforço e uma equipe muito experiente para dar suporte e nunca deixar o sistema ficar a mercê de vândalos virtuais.

PERDA DE CRÉDITO

I) Qualquer pessoa ou empresa/instituição, que infringir comprovadamente qualquer lei, perderá créditos, além das penas normais previstas em lei.

II) Pessoas que perturbam a comunidade, poderão uma vez por mês, ter créditos debitados por qualquer pessoa que a considere inconveniente até limite valores a serem estabelecidos pelo website.

Com a perda constante de créditos, o criminoso começará a passar necessidades e aí refletirá sobre seu erro e tentará se reabilitar através de boas ações, pois se cometer mais crimes somente piorará sua situação. Será prisioneiro de suas ações até que se reconcilie com a comunidade. Se suas vítimas ou 80% dos familiares de suas vítimas o perdoarem, ele poderá ter seus créditos de volta, ou seja, ela vai ter que se humilhar por causa do crime que cometeu. Assim como existem as listas negras da SERASA e SPC que identificam quem é devedor, não está descartada a implantação de dispositivo sob a pele dos criminosos, sob efeito de sedativo, para que ele seja identificado por equipamentos especiais nos estabelecimentos comerciais ou locais públicos.

Obs. O criminoso que não quiser revelar seu código de identificação, ficará detido até que o revele. Sua foto será comparada com a foto cadastrada junto com o código informado.

VANTAGENS DO IMPLANTAÇÃO NO 15NC NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A simplificação das contas públicas vai ser melhorada e aperfeiçoada exponencialmente. Primeiro porque não será necessário sacrificar ninguém para realizar obras e pagar despesas. Nem será preciso recorrer a empréstimos de espécie alguma, desde que os serviços e a comercialização de produtos estejam sob controle do 15NC. O Voto Por Mérito(VPM) contribuirá substancialmente para acumular créditos. Se a sociedade civil está contente com o desempenho governamental, então, imagine, por exemplo, mensalmente, um milhão de pessoas votando 100 créditos para o governo equivalerá a cem milhões de créditos mensais!

A contabilidade será simplificada da seguinte forma:

RECEITAS CORRENTES: feita por Crédito por Votação Pública(CPVP)

RECEITA TRIBUTÁRIA: não será necessária, sendo substituída pelo CPVP

RECEITAS DE CONTRIBUIÇÕES: mensalmente e manualmente, através do crédito por mérito (CPM)

RECEITA PATRIMONIAL : não será necessária, sendo substituída pelo CPM

RECEITA DE SERVIÇOS : não será necessária, sendo substituída pelo Crédito por Prestação de Serviço(CPPS)

TRANSFERÊNCIAS CORRENTES : feita normalmente, porém com créditos e não dinheiro

OUTRAS RECEITAS CORRENTES: não será necessária, sendo substituída pelo Crédito por Prestação de Serviço(CPPS)

RECEITAS DE CAPITAL : não será necessária, sendo substituída pelo Crédito por Prestação de Serviço(CPPS)

ALIENAÇÃO DE BENS: não será necessária, sendo substituída pelo CPM e CPVP

AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS : não existirá mais empréstimos, todo crédito que tiver que ser dado não deverá preciso ser devolvido.

TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL : feita normalmente, porém com créditos e não dinheiro

OUTRAS RECEITAS DE CAPITAL: não será necessária, sendo substituída pelo Crédito por Prestação de Serviço(CPPS)

RECEITAS CORRENTES INTRA-ORÇAMENTÁRIAS: feita normalmente, porém com créditos e não dinheiro

RECEITAS DE CONTRIBUIÇÕES - INTRA ORÇ: feita normalmente, porém com créditos e não dinheiro

RECEITAS PATRIMONIAL - INTRA-ORÇ. : feita normalmente, porém com créditos e não dinheiro

RECEITA DE SERVIÇOS - INTRA-ORÇ.: feita normalmente, porém com créditos e não dinheiro

DEDUÇÕES DA RECEITA CORRENTE : feita normalmente, porém com créditos e não dinheiro

DEDUÇÕES DE RECEITA TRIBUTÁRIA : não será necessária, sendo substituída pelo CPVP

DEDUÇÕES DA RECEITA PATRIMONIAL : feita normalmente, porém com créditos e não dinheiro

DEDUÇÕES DAS RECEITAS DE SERVIÇOS : feita normalmente, porém com créditos e não dinheiro

DED. TRANSFERÊNCIAS CORRENTES : feita normalmente, porém com créditos e não dinheiro

DED. DE OUTRAS RECEITAS CORRENTES : feita normalmente, porém com créditos e não dinheiro

TRANSFERÊNCIAS ATIVAS:

REPASSES RECEBIDOS: feita normalmente, porém com créditos e não dinheiro

DEVOLUÇÃO REPASSES CONCEDIDOS: feita normalmente, porém com créditos e não dinheiro

TRANSFERÊNCIAS PASSIVAS:

REPASSES CONCEDIDOS: feita normalmente, porém com créditos e não dinheiro

DEVOLUÇÃO REPASSES OBTIDOS : feita normalmente, porém com créditos e não dinheiro

EXTRA-ORÇAMENTÁRIA:

CHEQUES NÃO COMPENS/EM TRÂNSITO: dispensado por não ser mais necessário cheques

DEPÓSITOS A REALIZAR : não será necessária, sendo substituída pelo CPVP

DEVEDORES DIVERSOS, PARTICULARES : dispensado por não existir mais empréstimos

DEVEDORES DIVERSOS, PÚBLICOS : dispensado por não existir mais empréstimos

CREDORES DIVERSOS, PARTICULARES : dispensado por não existir mais empréstimos

CREDORES DIVERSOS, PÚBLICOS : dispensado por não existir mais empréstimos

CRÉDITOS DE CONTRIBUINTES : dispensado por não existir mais empréstimos

DEPÓSITOS DIVERSOS : não será necessário, sendo substituído pelo CPVP

RESTOS A PAGAR : feito normalmente, porém com créditos e não dinheiro

CANCELAMENTO DE RESTOS A PAGAR: feita normalmente, porém com créditos e não dinheiro

EXTRA-ORÇAMENTÁRIA:

DEVEDORES DIVERSOS, PARTICULARES : dispensado por não existir mais empréstimos

DEVEDORES DIVERSOS, PÚBLICOS : dispensado por não existir mais empréstimos

CREDORES DIVERSOS, PARTICULARES: dispensado por não existir mais empréstimos

CREDORES DIVERSOS, PÚBLICOS : dispensado por não existir mais empréstimos

CRÉDITOS DE CONTRIBUINTES : dispensado por não existir mais empréstimos

DEPÓSITOS DIVERSOS: não será necessário, sendo substituído pelo CPVP

RESTOS A PAGAR : feito normalmente, porém com créditos e não dinheiro

CHEQUES NÃO COMPENS/EM TRÂNSITO: dispensado por não ser mais necessário cheques

DEPÓSITOS A REALIZAR : não será necessário, sendo substituído pelo CPVP

Referência:

* http://hlimaservices.wix.com/ebooks

* https://www.youtube.com/watch?v=IgQs3Q_vtp8

* https://www.youtube.com/watch?v=ueRxhuw8CYE

* https://youtu.be/GH7dUVY73yo

* https://www.youtube.com/watch?v=Kh5XUoJQ4uY

* https://www.youtube.com/watch?v=s5W8S6a7yNs


Copyright © 2022 by CNPJ nº 21.274.135/0001-15. Todos os direitos reservados.